• Jorge Advogados

JUSTIÇA FEDERAL DE SÃO PAULO DEIXARÁ DE TER VARAS ESPECIALIZADAS EM CRIMES DE LAVAGEM DE DINHEIRO

A partir de janeiro de 2022, a Justiça Federal deixará de ter varas especializadas em crimes de lavagem de dinheiro.


A partir do Provimento nº49/2021 do Conselho da Justiça Federal da 3ª Região (CJF3R), nove das dez varas terão competência para julgar delitos de lavagem de dinheiro, com exceção da Vara de Execuções Penais.


A motivação da alteração é dar mais celeridade ao judiciário. De acordo com relatório que embasou a alteração, as varas especializadas recebiam um terço dos processos totais das demais.


Contudo, a medida tem recebido críticas do Ministério Público, que ressalta a importância da especialização no julgamento de tais delitos, que possuem diversas especificidades.



2 visualizações0 comentário